Páginas

28 de ago de 2009

Twitter

Agora o blog tem link direto pro meu twitter!

Tá vendo o passarinho ali do lado? Clicando nele vai direto pra minha página. Isso é para o caso de você não aguentar de saudade... (ok, menos, bem menos).

Não é preciso ter twitter para ler, mas se tiver, já sabe: follow-me there!

24 de ago de 2009

Diário de bordo – Parte 6 - No "matinho"

Manhã de sábado, 16 de maio. Céu nublado no Rio e muito mato pra ver! Destino de hoje: Jardim Botânico. É que o Ricardo, amigo nosso, querido (e engenheiro agrônomo), disse que ninguééééém pode ir ao Rio de Janeiro e não conhecer o Jardim Botânico!
A Fran, vascaína daquelas, foi conhecer o estádio do Vasco (tô com preguiça de ir no google ver o nome), Aline e eu seguimos a dica do Ricardo.

Longe. Pra variar. (Na realidade, tudo parecia longe, já que nosso hotel era no c# na cidade). Acostumadas a andar na Praça Nereu Ramos (meia dúzia de árvores e uns banquinhos no meio) ou então na Praça do Congresso, onde o máximo que pode acontecer é pegar uma micose se encostar na água do laguinho, logo na entrada pensamos numa coisa bem óbvia de acontecer: E se a gente se perder? É muito mato! Já me vi nas manchetes dos jornais.
Daí Aline teve a brilhante ideia de perguntar pra mulher que recolhia os bilhetes:
- Moça, e se a gente se perder?
Ela, com uma cara de “fodam-se”, fez uma risadinha irônica e não respondeu. Poxa, custa dizer que um bombeirão lindo vai aparecer pra nos salvar?
Pensando bem, não tenho fetiche com fardas, não... melhor seguir as placas...
Anda pra lá, pra cá... mas pra mim, mato é mato. Tudo igual. E eu só lembrava do Ricardo. Grrrrrrrrr. Combinamos de dizer que adoraaaaamos o lugar. Pelo menos serviu pra fazer fotos tipo fundo de porta-retrato de R$ 1,99... sabe como é, né?


Arrumamos uns fãs, só gatinho, viu?



Hora do almoço

Reencontramos a Fran e fomos almoçar na Barra. Longe, mas lindona. Quero morar lá quando eu crescer! Dizem que é cheio de artistas, mas ninguém resolveu das as caras neste dia. Ou eu nem notei.
Ah, na saída do restaurante pegamos um táxi pra ir à praia. Mas o taxista tava era levando a mulher pro trabalho. Apareceu a gente querendo corrida, ele topou e saiu pra procurar a mulher que tava no posto, sei lá... quando ela chegou deu de cara com o carro cheio de mulheres (nós) e levou um susto. Mas como a gente não tem cara de assaltante ficou tudo certo. O marido voltou. Levamos ela pro trabalho e fomos pra praia. Rá!


Em Copacabana... Cayme e Drumond – nossos amigos!
Bater fotos com estátuas é nossa especialidade.



Aline não perdoou a barriguinha de chope do Cayme.





Já a Fran engatou um papo reto com o Drumond.


Paradinha pro chope num quiosque e de volta pro hotel recuperar as baterias porque a noite é da Lapa!


***

Quer ler desde o início? Vai clicando aí... sem dó nem piedade!


Parte 1 - A chegada

Parte 2 – Quinta em Copa

Parte 3 – O Cristo

Parte 4 – Contada pela Aline

Parte 5 – Rio Scenarium

19 de ago de 2009

Oi, lembra de mim?

O título bem que combina com meu "sumiço" por essas bandas, mas não é. Faz parte de um tweet da @suzannevaladon retwittado pelo @cvalente, que chamou minha atenção ontem pelo ótimo duplo sentido que combina com a nova campanha contra DSTs, do Governo. "Oi, lembra de mim? Então, a gente se fodeu".

É claro que esse não é o mote da campanha Muito prazer, sexo sem DST. Acho que os publicitários do governo não são tão criativos quanto a Suzane...

Tá, chega de preliminares. Vamos direto ao assunto. O Ricardo, do blog
As aventuras de Chicuta e Rebelo gostou do tema e fez um post. Tomei a liberdade de reproduzir aqui pra vc entender melhor que por$#*ra é essa que eu tô falando. Mas pode conferir o post original clicando aqui também!

;-)






Uidarréu?

Esse governo Brasileiro é um brincalhão.Não bastasse colocar no ar aqueles dois canais de comédias e piadas,a TV Senado e a TV Câmara, agora deram para fazer piada na internet também.

É só o que consigo pensar quando vejo uma matéria como essa aqui da Band:
Parceiro pode enviar cartão virtual para comunicar DST

Quer dizer então que você vai lá,transa com a pessoa sem camisinha,pega um monte de bichinhos e depois manda um cartãozinho colorido para o e-mail dela avisando:

-“Ó, se eu fosse você ia AGORA fazer um exame que detecte DST’s.Sério mesmo.Vai lá Champs.”

Se trata da Campanha:Muito prazer,sexo sem DST.

Louvável a iniciativa de prevenção,mas também nao precisa avacalhar.Erraram a mão e vai virar motivo de piada.Já estou vendo as pessoas mandando em nome de outras só para rir da cara de quem recebe.Ninguém vai levar a sério,mesmo se for verdade.

-“Ahá,a Marcela me mandou um e-card dizendo que estou com AIDS,que comediante essa Marcela.Já recebi uns 3 desses essa semana.”

-“Marcela?Aquela morena baixinha,coxuda?”

-“Isso,ela mesma,uma graça,sempre querendo fazer piada com tudo.”

-“Morreu à uma hora atrás,recebi o aviso no Twitter…”

7 de ago de 2009

Friday

Semana que voa. Filminhos. Pessoas que pensam que sabem das coisas. Amigas maravilhosas que me citam em posts.

Tanta coisa pra escrever e uma preguiiiiiça.

Essa semana assisti "Quem quer ser um milionário" e "Crepúsculo". O primeiro é maravilhoso, mostra uma Índia pobre bem diferente do que passa na Globo e provoca uma sensação de "puta merda! esse cara só se ferra!" Faz você torcer pro coitado como se fosse de casa. Quero escrever mais sobre isso, qualquer dia eu faço uma resenha, mas enquanto isso...veja o filme e entenda o que quero dizer.
Já Crepúsculo é um romancinho adolescente, mas legal. O cara é fofo, tá valendo. Dá uma vontade de levar uma mordida de vampiro... hehehe

**

Pessoas que ACHAM que sabem das coisas... é foda. Me divirto tanto. Adorei o comentário anônimo de ontem. Risadas compulsivas. Primeiro pela pessoa ACHAR que sabe da minha vida. Segundo por ela ACHAR que é esperta. Terceiro por ter amigas espirituosas que sabem tirar sarro como ninguém! Amo tanto!

**

Falando em amigas maravilhosas, já que hoje eu tô num momento "querido diário", mando beijo pra duas lindas que adoro muito: as Deise's.

A Deise Anne - que fez esse post ótimo, disse que foi inspirada no meu post. Adorei!

E a Deise - que tá de endereço novo, fez esse post divertidíssimo e vai me contratar para ser sua assessora quando ficar famosa!

Vou ali pegar uma escadinha pra buscar meu ego... vocês jogaram lá em cima!

=)

Hohoho Friday!!

Beijos!

3 de ago de 2009

É no pagode

Depois de um longo e tenebroso inverno, de vários finais de semana cansada com minhas meias três quartos e rezando baixo pelos cantos por ser uma menina má, eis que a turma resolve sair.


Fomos no Pagode do Chocolate. - Há uns dois ou três anos que o pagode de domingo é o quente na cidade. A impressão que eu tinha é que era proibido para maiores de 18, então nunca fui. - Ou melhor, nunca tinha ido...

A primeira coisa é parar o carro no estacionamento e atolar o salto na lama. Mas nada que tire o glamour de ir no pagode, né?


É impressionante como a mulherada não sente frio. É muito fogo, não é possível! Só nós de manga comprida. E sabe aquela história dos 18 anos? pois é... teenagers, teenagers por todo lado!


Muvuca pra entrar e a Gi:

- Vamos se enfiar no meio da gripe!

Olha, não é má ideia. Da próxima vez umas máscaras resolvem. Duvido quem não dá espaço pra gente passar!



*

Logo que entramos ouço uns “põe na tela amarelo”. O DJ era o Cacau Menezes. O que segundo a Gi, tem tudo a ver.... Chocolate.. Cacau...an an? Pegou?




Daí começa a banda. Pagodeada pra cá, pagodeada pra lá, e de repente: “faz um milagre em miiiiimmmm”. Isso é o que eu chamo de música de igreja. Não sabia que tocavam música de igreja em balada. Geral cantando empolgado. Tô por fora da moda. Pensei que a próxima seria um pout pourri do padre galã Fábio de Mello, mas nem...


Até que para tudo. Hora de soletrar. (??????). Sim, no meio da festa, depois que todo mundo consumiu umas gotas de álcool, a banda chama uns infelizes no palco pra brincar de soletrar. O prêmio? A cueca de sei lá quem...

Soletra aí: presente de grego!



*


E assim foi... Uma noite bem divertida! Com pessoas bonitas e legais, risadas e sambinhas. Rendeu planos pra October e até pro carnaval em Laguna. Hohoho


Fim da festa

Mulher de 24 anos termina casamento com homem de 85: "Ele só queria sexo"


E você aí... custando a segunda, heim?


**


Um desses com uns 50 anos a menos não me aparece. Humpf!


Rapidinha de segunda

No elevador, o vizinho pergunta pra menina DE UNIFORME:

- Acabou as férias?

Não. É que ela só tem essa roupa, tadinha...


#perguntaidiotatolerânciazero


*****



Tô sumida, mas tô aqui. E fui num pagode... hohoho

Em breve, cenas dos próximos capítulos.