Páginas

3 de ago de 2009

É no pagode

Depois de um longo e tenebroso inverno, de vários finais de semana cansada com minhas meias três quartos e rezando baixo pelos cantos por ser uma menina má, eis que a turma resolve sair.


Fomos no Pagode do Chocolate. - Há uns dois ou três anos que o pagode de domingo é o quente na cidade. A impressão que eu tinha é que era proibido para maiores de 18, então nunca fui. - Ou melhor, nunca tinha ido...

A primeira coisa é parar o carro no estacionamento e atolar o salto na lama. Mas nada que tire o glamour de ir no pagode, né?


É impressionante como a mulherada não sente frio. É muito fogo, não é possível! Só nós de manga comprida. E sabe aquela história dos 18 anos? pois é... teenagers, teenagers por todo lado!


Muvuca pra entrar e a Gi:

- Vamos se enfiar no meio da gripe!

Olha, não é má ideia. Da próxima vez umas máscaras resolvem. Duvido quem não dá espaço pra gente passar!



*

Logo que entramos ouço uns “põe na tela amarelo”. O DJ era o Cacau Menezes. O que segundo a Gi, tem tudo a ver.... Chocolate.. Cacau...an an? Pegou?




Daí começa a banda. Pagodeada pra cá, pagodeada pra lá, e de repente: “faz um milagre em miiiiimmmm”. Isso é o que eu chamo de música de igreja. Não sabia que tocavam música de igreja em balada. Geral cantando empolgado. Tô por fora da moda. Pensei que a próxima seria um pout pourri do padre galã Fábio de Mello, mas nem...


Até que para tudo. Hora de soletrar. (??????). Sim, no meio da festa, depois que todo mundo consumiu umas gotas de álcool, a banda chama uns infelizes no palco pra brincar de soletrar. O prêmio? A cueca de sei lá quem...

Soletra aí: presente de grego!



*


E assim foi... Uma noite bem divertida! Com pessoas bonitas e legais, risadas e sambinhas. Rendeu planos pra October e até pro carnaval em Laguna. Hohoho


14 comentários:

Aline disse...

Uhhhhuuuuuuuu!!!!! Pagodeira desde criancinha. É nóissss. Night de Sampa, October, Carnaval em Laguna, aí vamos nóóóssss. Agenda cheia.
Quando crescer quero saber 10% do q a Kellen sabe de pagode. Já vou ficar bem feliz.
Ah, tu perdeu a abençoada pronta pro Reveillon no Jorginho... Tubinho branco de cotton tomara-que-caia com direito a lantejoulas prata. Teve gente engasgando o xis...Que sem noção. Pode ver que pegou pneumonia..kkkkk Que ótimo começo de semana. Uhuuuuuu.

Ricardo Chicuta. disse...

Nunca consegui ir nesse pagode.Até conseguiram me levar lá na frente,mas consegui dissuadi-los da idéia.Pagode não dá...

desassistidas disse...

kkk ri mto do seu post, tbem frequento o pagode do Chocolate as vezes e tbem me assustei quando ouvi eles tocarem “faz um milagre em miiiiimmmm”...

É a vida!!!

Parabéns pelo blog, mto divertido!

Abraços das Desassistidas!!!

Rafael Belo disse...

"FAz um milagre em mim " não para de tocar ( A do soletrar é a melhor (risos) kkk sempre faço com os "bebu" kkk beijos Kell boa semana

PutzGraça!!! disse...

Mandou muito bem dona Kellen. Deu vontade de ir no pagode, não fosse o detalhe do "enfiar o pé no barro" e o DJ. Somos alérgicos a cacau.

RODRIGO BRASIL disse...

hehehe , o negocio foi bom mesmo, ja chegou a render previsão do carnaval! É Kellen essa musica faz um milagre em mim ja é com certeza o ritmo de louvor da igreja, pior que isso é escutar ao vivo do pique novo, hehehe! Nem quero me lembrar! E QUE VENHA OUTROS PAGODINHOS!
BEIJOS MILLLLLLLLLL

T1460 disse...

Também sempre achei que não era permitida a entrada de maiores de idade lá.

De qualquer forma, passarei bem longe até o fim dos tempos. :D

Jana disse...

Hahahahahah Je-sus, para tudo! Pelo menos voce se divertiu. Eu, com todo o respeito, nao iria nem se me pagassem. Nada de preconceito, mas nao gosto mesmo. E meu senso de humor vai ate um certo ponto. Preciso aprender com voce, flor...

Deise Anne disse...

Eu passei uma fase meio trash no pós-termino de namoro, sabe? Fiquei toda perdida de baladas e saídas de solteiros, então, pra onde me chamavam eu ia, por que queria tudo, menos ficar em casa.
Conheci tanta, mas tanta gente... Fui a show de banda de pagode conhecida no Brasil inteiro, sem saber cantar uma música, fui a show de cantor de música sertaneja, também famoso, e descobri, depois do 2 copos de whisky, que sabia cantar quase todas as músicas dele, aprendi a dançar forró e fui a festas de forró. Ah, fui também a uma Trivela que é um tipo de micareta e minhas amigas me filmaram dançando a dança da manivela (coisa que eu não me lembrava, dado nível alcolico que me encontrava), e elas filmaram, justamente, pra não ter como eu negar.
To contando isso tudo, por que eu era a amiga do contra. Todas as vezes que alguém me chamava pra uma festas dessas eu fazia um discurso revolucionário contra a música de alienação da massa.
É certo que eu, realmente, não gosto dessas festas, e que eu sempre precisava estar acolizada 2 copos de whisky, no mínimo, pra poder entrar no espírito da coisa, mas não tenho dúvida, que esses foram momentos divertidíssimos que eu vou guardar sempre na memória e que me trouxeram uma leveza no humor e me fizeram perder muito dos preconceitos que eu tinha com músicas e festas. A quem nunca experimentou, eu até recomendo.
Você sente vergonha quando lembra, mas ri um bocado de si mesma.

Ei, saudades de você também, Kellen, sumida!

O que eu mais gosto é que você some, mas quando volta, brota postagem de todo lado, rsrs.

Beijos.

Deise Duarte disse...

to louca para ir. Kellenchamaeu!

Filipe disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk

escutei essa "Faz um milagre em mim" versão pagode tbm.

Mas eu fiquei viciado nela na versão original mesmo, depois de um retiro de carnaval =]

Anônimo disse...

é Kellen depois que vc perdeu o Patrik,vc nao saia mais,Mas agora siga em Frente ele Tem DONA E ta sendo bem Cuidado!!!!Tchau

Deise Anne disse...

Os anonimos contra-atacam... rsrs

Ei Kellen, eu postei inspirada nesse teu post, depois vê lá.

Beijo.

Deise Duarte disse...

HUahuahuahauhauau
Kellen para de perseguir o namorado alheio que isso ai vai dar galkho kkkkkk

anonimo ridiculo ne! nã nãooo
Te comporte bem afinal será minha assessora de imprensa no periodo pós BBB.