Páginas

29 de abr de 2009

Descoberta em dose dupla

Homem é preso por não conseguir engravidar mulher do vizinho


Deixa eu ver se entendi:

O cara, que já tem dois filhos, é contratado pra engravidar a vizinha. Recebeu dois mil euros e passou seis meses comendo a mulher do outro três vezes por semana.

Lá pelas tantas, descobriram que é estéril.

***

Estéril e corno.

27 de abr de 2009

Dia da Sogra

Amanhã é Dia da Sogra. Como não tenho uma sogra para falar mal, lembrei de uma situação que me aconteceu recentemente e me fez pensar até onde chega a idiotice masculina.

Estava eu, linda e loira indo pra casa de uma amiga, quando passo em frente a um bar. Um sujeito, com seus trinta e poucos, quarenta anos, fica me olhando e:

- Mamãe.

O sujeito disse: mamãe. Poderia ter dito gostosa, feiosa, qualquer coisa, mas... “mamãe”. O que faz um cara dizer isso?

Será que ele me achou com cara de bebê e queria levar pra “mamãe” cuidar?
(se eu fosse maliciosa pensaria que tava mais pra dar chupeta ao bebê, mas minha inocência não me permite pensar isso).

Para os homens que leem o blog, fica a dica: nunca lembrem de sua mãe, ou melhor, nunca façam a mulher lembrar que você tem mãe, quando quiserem paquerar/namorar/ou só comer mesmo.

A conta é simples: mãe = sogra.

Broxante.


***

Em tempo: sim, existe uma sogra perfeita - minha mãe.
Aceita-se sugestões de genro. Obrigada.

23 de abr de 2009

Mimimi

Olha, vou te contar. A semana tá uma merda. Sabe quando você tem muita coisa pra fazer e empaca? Pior que mula. Mas o trabalho tem que render, então forço o cérebro até sair fumacinha. Como diz o Luciano, pelo menos tenho neurônios. Isso é que é otimismo, né, loiro?

Talvez seja uma crise de preguiça. Talvez eu só precise de férias. Já contei que vou passear no mês que vem? Nada como companhias aéreas enlouquecidas atrás de passageiros para fazer a alegria dos pobres haha
Depois conto detalhes. Tomara que eu volte cheia de detalhes sórdidos.


Ótima quinta aí.

19 de abr de 2009

Malu e my father



Para a campanha de sabonetes líquidos da Lux, a Unilever fez pesquisa, os publicitários desenvolveram as peças, foram gastos R$ 10 milhões.

Daí meu pai:

- Mulher que eu acho linda é a Malu Mader. Tá fazendo propaganda de um sabonete agora. Nem sei qual o sabonete, não dá de prestar atenção.

****

Homens.

Ainda bem que a mulherada nota.
(Não sem antes xingar a Malu por ser tão linda, é claro).

15 de abr de 2009

Coisas de quarta...categoria

Que lindos os comentários do post passado! Como tenho amigos inteligentes e sensíveis. Adorei!

A semana tá maluca... tô escrevendo tanto que meus neurônios já ameaçam uma greve. Mas para não deixar sem post, fiz uma picaretagem... na maior cara de pau mesmo. Separei algumas twittadas de pessoas engraçadinhas que eu sigo no Twitter para alegrar o dia de vocês.

Kisses

**

@ocriador

Alguns padres, atualmente, tem tanto apreço pela Coroa de Espinhos que não podem ver um coroinha.


@silviolach

Evo Morales põe fim à greve de fome. A diferença para a greve de fome do Garotinho é que ele não vai precisar voltar a comer a Rosinha.


@rafinhabastos

No HoraCerta: "Traficantes comemoram aniversário com tiros em asilo". Tem gente que leva muito a sério este lance de "apagar as velhinhas".

@danilogentili

Ir no churrasco e levar salada é o mesmo que ir no swing e levar a Preta Gil. Vc vai comer o q levaram mas ninguém vai comer o que vc levou.


@piangers

Tirando aquele cadáver que enterrei em 96, uma das coisas que me dá mais culpa é quando alguém fala que escolheu jornalismo por minha causa

RT @nikolasbottos Escolher jornalismo por causa do @piangers é como decidir virar pai por causa do Alexandre Nardoni.

**

Ei, você aí. Se estiver no Twitter me avise!
Follow @kellenrodrigues

Bora trabalhar.

12 de abr de 2009

Meu domingo de Páscoa

Ver o mar sempre me faz bem. Ele pode estar com a maior ressaca, agitado, barrento. Não importa. Adoro ir pra casa da minha mãe, sentar nas dunas e ver as ondas. Mesmo que apareça algum engraçadinho dando tchau ou que as poucas pessoas que caminham na praia vazia fiquem olhando na minha direção, nem ligo. Todo mundo deveria fazer isso. Sempre faço. Sempre faz bem.
Neste domingo foi particularmente especial. É como se o mar dissesse que ainda tenho muito a descobrir. É redundante, eu sei, todo mundo ainda tem muito a descobrir. Talvez eu tenha é que me convencer do que eu já saiba. Ou vivenciar mais o que eu já sei. Foi especial.

Quando resolvi voltar pra casa, minha mãe foi me levar até a parada de ônibus. Engraçado como nesses poucos minutos conversamos mais intimamente do que durante o feriadão todo. A conversa me fez ter ainda mais certeza que uma coisa é inegável: a vida dá voltas. Muitas e muitas voltas. Tudo se encaixa. Ciclos se fecham, enquanto outros se abrem. Meu Deus!
O papo com minha mãe me deixou num misto de surpresa, alegria, alívio. Paz!


No ônibus, uma senhora sentou do meu lado. Cabelos brancos, aparentando 60 e poucos anos, cheia de sacolas. Ela aponta para o rapaz e a moça no banco ao lado. Diz que é seu filho e tem uma deficiência mental, um nome difícil, resultado de uma gravidez complicada. A moça tem algo no cérebro, acho que um tumor. São namorados. Francisco e Amanda. Bonito ver os dois de mãos dadas. Me interessei pela história.
Do Rincão a Criciúma ela me contou sua vida com riqueza de detalhes. Falou como adotou Francisco, 24 anos atrás, mesmo tendo três filhas doentes que faziam tratamento em Porto Alegre. Contou como o marido de sua amiga (que seria a nova mãe do menino), rejeitou o bebê e desafiou a Deus dizendo que não teria filhos nem se Ele quisesse. Descreveu o sonho que teve com a amiga mostrando o exame positivo de gravidez e como viu a cena acontecer “na vida real”. Ah, e claro, como tirou sarro do marido da amiga dizendo que o filho era do vizinho. Rá.
Acompanhei a história de uma mãe que não mede esforços para ver seu filho bem. Um filho adotivo, nascido de mãe alcoólatra que nunca procurou o bebê. Menino que era só ossos e cheio de ínguas, mas que ela cuidou e cuida com tanto amor.
Dona Nice fez questão de ressaltar que não estava exagerando porque é Páscoa, pra deixar a história mais bonita. Jura que é tudo verdade. Nem precisava. Acreditei.

**

E acreditei também que estamos rodeados de histórias lindas e emocionantes, mas sempre ocupados demais com nosso umbigo para prestar atenção nelas. Seja o mar, sua mãe, a mãe dos outros... é só parar para ouvir. E não precisa esperar até a próxima Páscoa.

9 de abr de 2009

Bobo, feio e chato!




Conta tudo pra sua mãe, Kiko!


***

Ps- clica na imagem que dá de ler melhor ;-)

Um jeito de amar que o tempo esqueceu...

Mesmo que eu esconda tudo aquilo que sentir
Não pergunte, não responde, eu posso até mentir.

Sei que foi um grande amor, mas devo desistir
Escondendo o que sinto, não quero mais criar
Um castelo de ilusões pro vento desmanchar.

**

Porque se o coração é burro, a cabeça não pode ser.

Banana de pijama


Fui na farmácia agora há pouco. Enquanto esperava, dei uma olhada nos preservativos. Tô mesmo por fora desse ramo. Já conhecia camisinha sabor banana? Eu não.

Mas alguém compra camisinha de banana? Que trocadalho!

**

E como se escolhe o tamanho? Branca, maçã ou caturra (?)

Vê uma dúzia de caturra aí, moço!

7 de abr de 2009

Dia do Jornalista - parte II

A Renata me proporcionou a melhor risada do dia:





O que seria de mim sem meus maravilhosos amigos do MSN?
Amoooo!

***

Ps - Se não entendeu, leia o texto abaixo.

Dia do Jornalista

Diz a lenda que sete de abril é Dia do Jornalista.

Daí uma amiga está com a seguinte frase no msn:
Ser jornalista é: trabalhar mais de 10 hs, dormir pensando na pauta, ter gastrite, estar sempre apertado e de bem com a vida.

Isso me lembrou a "maldição do jornalista":

"Não terás vida pessoal, familiar ou sentimental. Não verás teu filho crescer. Não terás feriado, fins de semana ou qualquer outro tipo de folga. Terás gastrite, se tiveres sorte. Se for como os demais, terás úlcera. A pressa será teu único amigo, e as suas refeições principais serão os lanches, as pizzas e o china in box. Teus cabelos ficarão brancos antes do tempo, isso se te sobrarem cabelos. Tua sanidade mental será posta em xeque antes que completes cinco anos de trabalho. Dormir será considerado período de folga, logo, não dormirás. Trabalho será teu assunto preferido; talvez o único. Exibirás olheiras como troféus de guerra. E o pior: inexplicavelmente, gostarás de tudo isso..."

**

Acho o texto meio radical, mas em muitos momentos faz sentido. E a gente gosta.

Della Fashion em tempo real

É hoje! 07 de abril.

Para acompanhar o Della Fashion, desfile de moda outono/inverno do Shopping Della Giustina, escolha um dos canais abaixo:

Transmissão ao vivo, em vídeo e áudio:
www.radiocriciuma.com.br

Comentários em tempo real no Twitter:
siga @shoppingdella

Fotos do público e passarela:
www.flickr.com/shoppingdella

Fotos do público e passarela:
www.shoppingdella.com.br

O blog da Alfa também será alimentado durante todo o evento.


Também já confirmaram a cobertura virtual:

www.diario.com.br/criciuma

www.engeplus.com.br

www.interney.net/blogs/heresialoira

www.tudodecri.blogspot.com


***

ps - Fazendo média com a "firma" para garantir o pão nosso de cada dia. Rá!
Vai ser bem legal, acompanhe!

3 de abr de 2009

Polyana

Depois de uma notícia bombástica...


:-)



Grrrrrrr


Ah, se eu pego o filho da mãe que inventou aquele papo de "há males que vem para bem"...