Páginas

17 de dez de 2008

A revolução das máquinas

As máquinas lá de casa ficaram de saco cheio e resolveram protestar. Primeiro foi o ferro de passar que resolveu não esquentar mais, ou pelo menos, não o suficiente pra dar um jeito rápido nas roupas quando estou atrasada (sempre). Depois a máquina de lavar começou a fazer um barulho estranho. Ontem ela anunciou: ou me manda pro hospital ou vais passar o verão com a barriga no tanque!
Dia desses, o monitor resolver não acender, mas agora, aparentemente está normal.
E por fim, meu celular tá jogando a toalha. As pessoas ligam e ele não chama ou dá sinal de desligado. Eu mando mensagem e os outros não recebem.


Alguém tem uma lata de lixo bem grande por aí?

Um comentário:

Ju Dacoregio disse...

Tá parecendo aqueles contos do Stephen King...