Páginas

8 de jun de 2009

O tempo não espera por mim...

Há algum tempo acompanho o blog “A poesia do tempo”, da cearense Deise Anne, uma moça com muita sensibilidade, que escreve super bem. Como o nome diz, é um blog de poesias. As poesias dela.
Logo na primeira vez que fui lá, a frase de descrição do blog me chamou muito a atenção. E volta e meia lembro dela: Pelo tempo que passa sem esperar por mim...


Nesta segunda-feira gelada esse “slogan” não me sai da cabeça. “O tempo passa sem esperar por mim”. E vai tão rápido... (quando nos dermos conta já estaremos comprando presentes de Natal de novo e fazendo planos para o ano que vem).



Por que tô falando tudo isso? Porque não é só por mim que o tempo não espera, cara-pálida, é por você também. A carapuça que visto hoje pode ser a que você está precisando dar aquela “provadinha”.

E porque essa semana tenho que decidir coisas... que podem mudar muitas coisas.

8 comentários:

Deise Duarte disse...

Acho que todo bom poeta já descobriu: "O tempo não para, não para não..."

E se eu postar as confissões terei que pôr censura no meu blog.haha

monkey man disse...

o tempo parece passar sem esperar pela gente, e nós, no máximo, só podemos nos dar conta disso e nada mais...além de vivê-lo.
excelente post.

Deise Anne disse...

Aiiii. Quase chorando aqui.
Fiquei boba lendo a referencia que você fez ao meu blog, Kellen.
Vejo somente uma grande generosidade sua passar por ele, gastar seu tempo lendo os meus textos e, além de comentar, cita-lo no seu.
Muito obrigada por aparecer sempre. Fico feliz por que esse mundo virtual une as pessoas, de algum modo, e por que elas se descobrem assim, meio por acaso.

Quanto ao tempo, bom... Um dia, o tempo desperta a poesia do seu incosciente e nunca mais te deixa dormir. Acho que chegou a sua vez, rsrs.
Beijos e mais uma vez obrigada!

Deise Anne disse...

Ahhhh, sorte nas decisões! Que elas venham trazer coisas boas.
Beijos e ótima semana!

☆ Sandra C. disse...

é.. a Deise me faz inspirar muito também.. acho que nem ela sabe o quanto.

http://doodleordie.blogspot.com/

Cristine Rodrigues disse...

Nem me fale em tempo...
Parecia que ontem era carnaval e agora já estamos na metade do ano!!!
Medo...

:*

Renata disse...

Por isso que sempre precisamos aproveitar tudo ao máximo, no hoje, e por mais que saibamos, sempre precisamos de algo que nos alerte de fazer como se realmente fosse o último dia de nossas vidas
sempre aproveitando
bjs

Magalices disse...

É verdade. Ele voaaaaa. Será que o tempo está sendo bem aproveitado? Sempre penso nisso. A principal conclusão que tirei foi: eu arriscava mais. Voltei a arriscar a pouco tempo, mas tento controlar a caretice que com a fase adulta teima em passar por aqui. Já fui mais maluca, já fui mais hippie... o sistema está me transformando!

PS.: estou sob influência do livro O Vendedor de Sonhos. Nesse início ele fala horrores sobre o sistema :P

bju!!!