Páginas

27 de fev de 2009

We are carnaval - Parte 1

Agora que já passou, vou confessar que eu tava morreeeeeendo de medo do carnaval em Laguna. Adoro dançar e sair com amigos, mas a idéia de bêbados e tarados por todo o lado não me agradava nem um pouco. Tô há seis anos fora do mercado, não sei se sei como agir quando quiser escapar, ou quando não quiser escapar (se é que me entende). Mas enfim, se quer paz, vai pra um retiro, né?

Fomos. Amiga loira, amiga morena e eu, logo estaríamos na 22kos house (lê se tchutchucos) com mais 11 pessoas. Me senti chegando no Big Brother com a mochila nas costas, conhecendo o pessoal. Mas Pedro Bial não vi não. Quer dizer, ele era lembrado a todo momento na versão gaúcha do Filtro Solar. Filtro Solar? Isso é coisa do Pedro Bial....

Sexta-feira – Minha inocente garrafinha de suco com um palhacinho pintado ajudou a, bem... me animar. Me lembre, por favor, de nunca mais tomar vodka nessa vida. Álcool é uma coisa engraçada, você vai tomando e não acontece nada, até que de repente faz efeito tudo junto. Chato isso.
Daí Loira foi pra casa cedo. Morena e eu, desoladas, fomos dar uma volta. Acontece que morena é mercenária. Se alguém chegava perto de mim ela cobrava: cinco reais, cinco reais. “Só pode falar com ela se pagar cinco reais”. E foi assim o carnaval inteiro.
De repente, aparece um moreno fofo. Logo reconheço o sotaque: carioca. Meu Deus, como tinha carioca nesse lugar. Morena só reparava em gaúchos, mas eu devia ter um imã de cariocas, só pode.
O amigo marketeiro começa a dizer “ele é gente boa, é gente boa”. Hã?
- Que que tem se é gente boa? Não to procurando marido...


Foi uma noite divertida. Mais do que eu tinha imaginado. Mas a manhã seguinte me fez tomar uma decisão importante: passar o resto do carnaval absolutamente sóbria.

5 comentários:

Deise Duarte disse...

Espero que ao menos tu se lembre do que fez na noite em que estava bebada.

Amigo marketeiro? hahaha.

E achou um marido carioca no final?

RODRIGO BRASIL disse...

Eu que estava presente na 22ko HOUSE, comprovo que a querida Kellen depois de um bom copo de vodka , acordou sabado com a sensação de ter sido atropelado por um bonde! Bem agora como ela informou foi um bonde da Lapa! hehehe!

RODRIGO BRASIL

Kellen Rodrigues disse...

Mas quem me atropelou não foi o carioca não, foi a vodka mesmo (bebida maldita haha).

Luciano e Sane disse...

ta vendo... ta vendo...? eu nao posso falar! tu pode!

fernando disse...

MAs vc tb, né minha filha! "De volta ao mercado, após seis anos", tinha q voltar da pior forma possível, com vodca?...hahahaha

Vê no próximo fevereiro nao lembra da skol só pra escrever no blog.