Páginas

13 de fev de 2009

Projeção

Dia desses uma amiga me disse que a gente sempre sabe onde está se metendo. Sim, sabemos exatamente onde pisamos. Os amigos avisam, avisam, mas no fundo, nem precisaria, porque a gente sabe.
Concordo. Podemos até tentar se iludir, mas na real, sabemos. Por isso não está certo culpar o outro quando algo dá errado. Se é pra culpar, que seja a nossa teimosia.
Achar que o outro te enganou é ingenuidade. Você se enganou. Sabia como era o terreno e, se pisou, foi porque decidiu assim, quis pagar pra ver, correr o risco. Então nada de culpas. Correr risco é isso.

É assim que eu penso. E é por isso que adoro tanto aquele comercial do Serenata de Amor que fala na teoria do amor. O texto é perfeito. Foi feito pela W/Brasil e dá vontade de ler, ler, ler...


Segundo alguns psicanalistas, quando se apaixona,
você não se relaciona com alguém de carne e osso,
mas com uma projeção criada por você mesmo;
E a projeção que fazemos é a de um ser absolutamente perfeito.
Mas depois de um período a projeção acaba,
e você passa a enxergar de verdade a pessoa com quem está se relacionando.
Invariavelmente, algumas virtudes do parceiro ou da parceira
vão embora junto com a projeção, outras ficam…
E se o que ficou de cada um for suficiente para os dois,
a relação perdura, caso contrário…


Perfeito! E diria que não apenas no amor, na paixão, mas em todas as outras relações que temos: amigos, colegas, parentes. A pessoa é como é. Se não enxergamos, não podemos culpá-las por uma eventual decepção. Quem mandou projetar tanto?

***

Ótimo final de semana!

6 comentários:

Aline disse...

O difícil é entender porque teimamos em querer pagar pra ver! Se tah na cara que uma coisa não é pra ser, então não vai ser mesmooo!! E deveríamos ter isso projetado claramente em nosso cérebro... mas é bem o contrário as vezes... exatamente porque não é pra ser que a gente TEIMA em querer fazer acontecer!... Vai entender o ser humano neh????

Jaqueline disse...

Por isso que to pra entender até hoje como dá certo esses casamentos de pessoas que se conheciam a apenas meses!

Francine disse...

Adoreeeeeeeeeeei o assunto sabia?! Li muito sobre isso pra tentar entender pq eu me decepcionava tanto com as pessoas!!!
E acabei descobrindo que sempre me decepciono pq espero que elas tenham comigo a mesma postura que eu tenho com elas... ledo engano não é mesmo?! Afinal ninguém é igual a ninguém!! E lá me vem na cabeça aquela velha frase "não é pq alguém não te ama do seu jeito, que ela não te ama... apenas ama do jeito dela." (mais ou menos assim)
Te confesso que pensar assim me ajudou muito, afinal de contas, isso evita falsas expectativas! Nem sempre dá certo, mas a gente tem que tentar né?!
Uma vez li um artigo de psicologia que falava que às vezes falamos "não entendo como tal pessoa mudou tanto", só que na verdade não foi a pessoa que mudou, e sim você que "abriu os olhos"!!!

Beijão pra minha jornalista favorita ;D

Anônimo disse...

todos podemos nos encaixar em suaslavras postadas aqui! Quem nunca realmente idolatrou alguem? Engraçado que parece queapós ler tenho certeza que como eu, fizeram uma regressao no tempo! Mas espero que na proxima relacao aprenderemos! OU NAO??
BEIJOS

RODRIGO BRASIL

--=Zod=-- disse...

Eu não me decepciono. Odeio a todos.

Deise Duarte disse...

Eu agradeço por ter lido todo o meme. E eu sei que só os realmente interessados nas futilidades alheias são capazes de fazê-lo ;)

Tu sabe que quando eu me meto em uma furada, já digo pra todo mundo : Sei que vou me ferrar, mas eu quero"
é o lado burro da gente, querendo se fazer de inocente.

Um beijão!