Páginas

25 de mar de 2010

Falando sério

Recebi esse texto por e-mail e fiquei com uma baita preguiça de ler. Mas "arrisquei" e gostei logo na primeira linha. Leia. Nem precisa mexer o traseiro gordo. Só clica em cima da imagem.
Eu recomendo. ;-)


10 comentários:

C. Lisdália disse...

Muito lindo!

Gostei! ;)

Ah, tenho um mico pra contar!! De uma amiga...

=***

Réus disse...

Muito bom o texto. George Carlin é mestre!

Já visse os stand-ups dele? Youtube tem vários muito bons. =)

SeuPutz disse...

Não deu. Peguei no sono. Fui até a linha 2.777 e apaguei. Tem cheiro, gosto e cor de auto-ajuda.

PutzGraça!!! disse...

Vortemos. A Kellen fisse que o texto ajuda na masturbação. Vamos ler, ah se vamos...

C. Lisdália disse...

Segue o mico:

Estávamos uma amiga e eu indo comer temaki quando fomos surpreendidas ao sair do carro por um vendedor de sabonetes artesanais que eu quase havia atropelado... O cara super simpático, até meio bonitinho. Começou a fazer charminho porque eu quase o atropelei e depois foi apresentar seus produtos...

Tinha sabonete de todas os cheiros, cores, formatos... E um deles era em formato “daquilo” é, isso mesmo que você ta pensando... kkkkkkk Então minha amiga ficou suuuuper empolgada com o sabonete, disse que era muito bem feito, além de cheiroso... hahahah E comprou 2 para dar de presente.

Um ela deu para a minha mãe (é, pra minha mãe...) e outro deixou dentro da bolsa para dar pra uma amiga que encontraríamos em São Paulo. E ai que o mico realmente começa.... Ao passar pela esteira de raio-X o “sabonete” foi automaticamente identificado pelo técnico da segurança que supervisionava os objetos proibidos...

Minha amiga nem tchum e o cara começou a puxar papo com ela com a maior cara de “aháaa eu sei o que vc tem dentro dessa bolsa, senhorita...” e ela toda besta falando com o cara, dizendo que tinha uma tesoura na bolsa mas que era de cortar sobrancelha e o homem só olhando e balançando a cabeça e rindo.

Mesmo assim ela não percebeu. Só se deu conta quando chegou na sala de embarque (que estava lotada), foi mexer na bolsa e falou alto: “o homem do Raio-x viu meu pinto de sabonete, por isso que ele tava com aquela cara de safado... Que vergonha!”. Só que nisso, todo mundo olhou pra ela! Ahaihaiuhauihaiau

Jamylle Bezerra disse...

Muito bacana!

Gosteiii

Beijosss

Rafael Belo disse...

ótima reflexão superficial ehhe bons paradoxos. Viva Carlin, ás vezes vale pena clicar Kellen meu traseiro gordo agradece hehe bom fim de semana bjs

Deise Duarte disse...

Eu acho que faço muita coisa que se diz no texto. Eu sou uma menina boazinha e legal. Autoajude-me em pessoa.

Deise Anne disse...

Esses textos tem efeito reverso em mim... não me auto-ajudam, eles me auto-depreciam...

Carla disse...

Sou como a Deise, não ajudam nada, me deixam pior, ahuahuahu....