Páginas

30 de mai de 2007

Prato frio

Quando fazem algo pra mim eu não retruco não. Deixo a pessoa esperar sentada, sei que o mundo dá voltas mesmo. Na hora parece idiotice minha, mas não é, nada é melhor do que o gostinho de rir por último, mesmo que demore. Sei esperar. A única coisa que não me importo de esperar é isso, o giro natural da vida.

As gargalhadas são mais sonoras quando se vê quem tentou te fazer mal, pagando seus pecados. Ahhhhhh como eu amo isso!!
Sou má? Nem um pouco! Seria se tivesse contribuído para o mal dos outros. Apenas rio de longe, beeem longe. Apenas isso.

E viva à vida!! Viva ao mundo que gira!!

Ria, ria e ria!!

Nenhum comentário: